Você que está para se casar ou que gosta de pesquisar esse ramo, deve estar ouvindo bastante sobre o Elopement Wedding que na verdade é algo que já é feito há algum tempo, mas nos dias de hoje se tornado bem mais conhecido.

     Se trata, seguindo a tradução, de uma fuga para se casar. E normalmente com um local diferente da cidade que moravam, temos exemplos de famosos que fizeram isso como a Stefany Brito e o Igor Rascovisky que em 2018, viajaram para a Itália e optaram por esse estilo de cerimônia para casar.

Fonte: https://revista.icasei.com.br/casamento-sthefany-brito-e-igor-raschkovscky/

     Isabeli fontana e Di ferrero também fizeram essa escolha em 2016 quando casaram em segredo nas maldivas.

Fonte: https://gq.globo.com/Musa/noticia/2016/09/isabeli-fontana-foi-noiva-mais-linda-de-todas-temos-como-provar.html

     Entre outros que até mesmo como a Marina Ruy Barbosa que fizeram uma grande festa, mas depois quiseram ter esse momento a sós, e em uma viagem optaram por casar novamente sozinhos.

Fonte: https://espacoperfil.com/o-casamento-dos-sonhos/
Fonte: http://www.eventtuar.com.br/elopment-wedding-conheca-esse-tipo-de-casamento/

    Isso lembra muito um Destination Wedding, com certeza, mas a grande diferença, realmente são as pessoas envolvidas. No destination wedding não há limites para convidados, você só escolhe outro lugar para que aconteça.

     No elopement é uma fuga, um momento a dois para celebrar o amor! É perfeito para casais que sonham com esse momento só deles. Querem intensidade, profundidade, significado e muita intimidade.

     Ela foi mencionada inicialmente em 1338, para definir o ato de uma mulher abandonar o seu marido para fugir com o seu amante. Essa definição permaneceu até 1800, quando passou a significar o ato de um casal fugir para se casar, sem necessariamente abandonar nenhum outro cônjuge para isto.

     Desde então elopement vem sendo coloquialmente usado para casamentos que acontecem de maneira inesperada, as vezes até mesmo sem a presença de amigos ou família, ou com um número muitíssimo limitado de pessoas. Esse número limitado de pessoas costuma ser 6 pessoas, os pais irmãos ou amigos bem próximos.

     Isso se encaixa perfeitamente na situação que estamos passando, infelizmente não podemos fazer grandes casamentos agora, mas o amor merece ser celebrado. E assim, mais uma vez o Elopement ganha espaço e se torna uma oportunidade!


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *